A minha história

Nasci em Coimbra, Portugal, a 6 de Janeiro de 1980. 

Iniciei o meu percurso como DJ a full-time em Março de 2002. O meu trabalho ganhou reconhecimento no panorama da dança e música latina em Portugal. Sou presença regular nos eventos nacionais mas também além fronteiras, com provas dadas em eventos internacionais em países como Espanha, França, Suiça e Tailândia.

Ao longo de duas décadas tive oportunidade de partilhar a cabina de DJ com nomes de gabarito internacional como Henry Knowles (E.U.A.), Pablo Bat (Argentina), Gabriel Amegandji (França), Pepe Bassan (Itália), Levi Rodríguez (Cuba), Fermin Olaya (Espanha), entre muitos outros. Durante este período fui galardoado com o reconhecimento de Melhor DJ de Salsa Português pelos prémios Top Dance Awards (Espanha) em três ocasiões (2007, 2008 e 2010).

Desde 2005 que realizo formações regulares de DJ para ajudar outros entusiastas a aprenderem a ser DJ. Em 2018, organizo a primeira edição da Masterclass DJs inserida no Benidorm Salsa Congress (Espanha) e, em 2019, fui convidado pelo Salsa Bangkok Fiesta (Tailândia) para organizar a primeira formação intensiva de DJ de salsa em Bangkok.

Para além de pesquisar e selecionar as melhores canções para os bailadores também desenvolvo trabalhos técnicos de áudio.

Concluí o curso de Produção Áudio e Informática Musical nas áreas técnicas de gravação, processamento e composição de áudio pela Escola de Música Riff em Aveiro, e o curso Técnico de Som ao Vivo pela Associação Portuguesa de Técnicos Profissionais de Som, sob certificação da AES, Audio Engineering Society.

Como técnico de som, trabalhei em concertos de La Sucursal (Barcelona), Orquesta Del Solar (Madrid), Orquesta Sonoridad (A Coruña) e New Swing Sextet (Nova York). Como Sound Designer, preparo as sonoplastias para espetáculos de dança profissional e artistas como Paula Loureiro, Ricardo Sousa, Nuno Furtado, Vanda Gameiro, Nuno Araújo, Rita Morais, Catarina Braga, Bruno Sousa, YE Mambo, ALC Dance Company, entre outros, e para apresentações televisivas como os espectáculos “Got Talent Portugal” e “Got Talent Spain” de artistas como Pedro Sousa, Inês Gameiro, Nuno Pesqueira e Nágyla Galvão.

Desde 2009 que realizo produções artísticas e gestão de eventos em parceria com o DJ argentino Pablo Bat, sob a marca BatLei Productions, com destaque para a produção executiva do disco "On Time", o segundo álbum de estúdio da orquestra La Candela (Espanha).

Mas como é que tudo começou?

Como é que cheguei às cabinas e assumi esta profissão?

Está tudo aqui neste video! 👇🏻

Estudos e Desporto

O interesse pela música nasceu tarde. A atividade desportiva desempenhou um papel de grande relevo até ao final da minha adolescência. Aulas normais de natação ganharam dimensão para além da simples aprendizagem conduzindo-me ao rumo da competição.

Integrei a secção de natação da Associação Académica de Coimbra. Cresci como atleta tendo alcançado boas prestações tanto a nível regional como nacional. A minha progressão traduziu-se em duas convocatórias para a seleção nacional.

Ao ingressar no ensino superior, no curso de Psicologia da Universidade de Coimbra, e tendo concluído o ciclo de competição desportiva, passei a dispor de mais tempo para algumas atividades sociais e o interesse pela música ganhou força.


Primeiras Músicas

Foi nessa altura, finais da década de 90, que dei os meus primeiros passos como DJ ao som da música electrónica. Do mesmo modo, foi também nesse momento que tive o primeiro contacto com as ferramentas digitais de produção de áudio.

Entretanto ao frequentar as aulas de dança da escola Sabor Latino despertei o interesse pelos ritmos latino-americanos com os quais apenas tivera tido contactos esporádicos. A dança despertou a música.

Rapidamente fiz a transição da electrónica para o mundo da salsa e em Março de 2002 aceitei o convite de Graça Pinto para fazer uma sessão, sem compromisso, no recém-inaugurado bar El Sonero no Porto. Em teoria seria para colocar apenas um pouco de música mas, empurrado pelo Vítor Soares, terminei por fazer a noite toda. A experiência foi inebriante e, felizmente, surgiu o convite para realizar mais noites.

Este foi o momento em que assumi esta ocupação a tempo inteiro.


Profissão DJ e Novos Estudos

A oportunidade de trabalhar regularmente como DJ residente num clube de dança permitiu-me fazer a adaptação das técnicas já aprendidas no meio electrónico ao complexo universo dos ritmos afro-caribenhos. Os DJs Iyá (Maurício Araújo), Juca (Júlio Carlos Almeida) e Vitor Soares foram influências fortes na definição dos meus gostos e estilos.

Mais tarde, assisto a vários workshops realizados pelo DJ Pablo Bat, e inicio os estudos de produção de áudio na Escola de Música Riff. 

Com a experiência vieram ganhos consideráveis na robustez técnica, na criatividade da seleção musical e no cuidado permanente de gestão da pista de dança.


Residência e Novos Rumos

Uma nova etapa teve início em Agosto de 2006 com o convite de Paula Loureiro e Ricardo Sousa para abraçar um novo projeto: o Muxima Bar. A explosão de novos caminhos e ideias musicais foi muito intensa. Uma verdadeira loucura. Durante a primeira versão desse espaço viveram-se autênticos momentos mágicos.

Sessões semanais de DJ nos mais prestigiados clubes e festas de Portugal, tertúlias, debates, programas de rádio como o Salsa Night e o Salsa Lounge, a par com as iniciativas de formação na área de DJ e na área de produção áudio, foram os pontos chave para o reconhecimento do meu trabalho. Ao longo destes anos fui aprimorando o meu sentido estético e encontrando a minha personalidade e identidade musical.

A viagem continua.


Um até já… na pista de dança!

Os 10 melhores álbuns de

2021


Quais foram os melhores discos de 2021? 

Descobre já esta selecção essencial.

Obtém aqui o Ebook gratuito!

>
Success message!
Warning message!
Error message!